Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Silêncios

Talvez poesia, talvez nada. Um sondar d'alma e pouco mais

Silêncios

Talvez poesia, talvez nada. Um sondar d'alma e pouco mais

Sex | 22.01.21

A tua marca

Maria

 

 

menina.jpg

 

 

Acena na rua quem amas.
Sorri ao desconhecido que passa.
Abraça o Sol que te abraça.
Canta apesar da tristeza
Executa um passo de dança.
Encantando quem assiste.
Contagia quem está triste,
sempre...
Por onde passares.


Abre os olhos para a beleza.
Que existe na Natureza.
Sê feliz, por existires.
Ri, sem motivo para rires.
Ama a tudo e todos, com fervor.
Espalha pelo Mundo esse amor.
Mesmo sem receber nada em troca.
Deixa na Vida a tua marca.
Agradece, por viveres!


 

2 comentários

Comentar post