Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Silêncios

Poesia

Silêncios

Poesia

03.09.20

Chip

Silêncios

 

 

Fotografia Art Nú Artístico Imagem Reprodução - Foto 24x30 - R$ 43,00 em  Mercado Livre

 

Querem usurpar o teu lugar, na minha pele.
Gravar por cima, outra ideologia...
Que não, amar-te!
Querem levar-me tudo...
E a ti, também.
Manipular-me emoções. 
Alterar-me os comportamentos.
Querem inocular-me com um código...
Para que não pise em ramo verde!
Querem...
Cortar-me as asas. 
Neutralizar-me os sonhos.
Silenciar-me.
Querem....
Disfarçadamente matar-me. 

 

Eu?
Não os deixarei!

 

O meu universo, és tu.
Não descortino outro este amor, no horizonte.
Todos os meus voos, te incluem.
És o teor dos meus sonhos. O tema das minhas rimas.
Os meus sussurros e gritos.
A chave mestra, 
das emoções.
És-me as conversas e os silêncios.
O pecado original!
Querem...
Anular-me as vontades.
Controlar-me a memória.
Transformar-me num vegetal.
Querem...
Usurpar o teu lugar na minha pele.
Não! Não os posso deixar vencer!

 

 

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.