Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Silêncios

Poesia

Silêncios

Poesia

12.11.20

Estrela d'Alva

Silêncios

 

 

Fotografia de Nu Artístico em Nova Lima

 

Sou pinheiro.

Urze.

Folha.

Sou Canela e Hortelã.

 

Eu sou, pétalas de malmequer.

Sou o útero da Terra.

Os segredos que o Mar não revela.

A primeira ave na Primavera. Sou a Estrela da Manhã.

 

 

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.