Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Silêncios

Poesia

Silêncios

Poesia

Sê forte!

30.11.20 | Silêncios | comentários (1)
    Tenho medo! Podes dar-me a mão? Tornei-me de repente, uma criança indefesa. A precisar de colo e de orientação.   Tenho medo de sair. Comer. Falar. Tenho medo... de respirar!   Não estou louca. Ainda, não! Decidi-me a não ficar. Escudar-me-e (...)

Prece ao MENINO REI

18.11.20 | Silêncios | comentar
        Ao Menino pequenino. Homem, depois sofredor. Que se doou por amor, em nome da Humanidade. Dirigimos as nossas preces fragilizados, p'la dor. Neste momento de treva. Ao Menino... Que nos aconchega. E ama apesar, dos pesares. Ao Menino... (...)

Insatisfação

10.10.20 | Silêncios | comentar
    Morre-se por estes dias tragicamente. Por algo que nos ataca, traiçoeiramente. O inimigo observa-nos, mas não sabemos onde está presente. E mesmo a quem mais amamos podemos matar, sem o pressentirmos, implacavelmente. Nunca na (...)